VEJA O PORTFÓLIO COMPLETO

Vídeo Destaque

Longa Jornada Noite Adentro

Sobre o Projeto

 A COMPANHIA

Em 1981, começa a história da Companhia de Teatro da UFBA. Formada por professores, técnicos, alunos e convidados, a Cia é voltada para criação e produção de espetáculos com alto valor criativo e apurado trabalho de ator, além de textos inéditos ou pouco conhecidos, identificando tendências emergentes na dramaturgia, em paralelo com a releitura dos clássicos. Assim a Companhia de Teatro da UFBA valoriza ao mesmo tempo a tradição e contemporaneidade. A peça Seis Personagens à Procura de um Autor, de Luigi Pirandello, dirigida por Harildo Déda, em 1981, marcou a estreia da companhia, que, desde então, já produziu mais de 40 espetáculos e já recebeu mais de 20 prêmios.

O ESPETÁCULO

Longa Jornada Noite Adentro retrata o drama da família Tyrone durante um dia de verão em que todos estão reunidos – o amor entre irmãos e pais confronta-se com as mágoas, os fracassos e as frustrações que se construíram em sua vida.

A história se baseia na biografia da família de Eugene O’Neill, autor da peça. O pai, James Tyrone, é filho de pobres imigrantes irlandeses, e investiu sua carreira de ator em uma obra de sucesso fácil, o que lhe rende frustração insuperável. Edmund, filho mais novo, personagem correspondente ao autor, é retratado com sua vida vagabunda na América do Sul, a contração da febre amarela nos trópicos, as noites na taverna, as prostitutas, a bebida e a tuberculose. James, o filho mais velho, é um bêbado irrecuperável, inútil e perdulário, traz em si a marca de Caim - o filho e irmão maldito. Mary Tyrone, é a mãe, mulher frágil, perdida e solitária ao lado do marido ator em suas turnês intermináveis, encontra refúgio para sua impotência no uso da morfina, aliviando-se da dor de viver uma vida que não lhe teve nenhuma complacência.

O tempo do drama vai da 8h30 da manhã até a meia noite, mas o tempo psicológico é muito maior, porque esse dia representa uma vida inteira. A direção vem trabalhando com uma concepção realista. O cenário e a iluminação de Eduardo Tudella, assim como os figurinos e a caracterização de personagens propostos por Claudete Eloy, ambos professores da Escola de Teatro da UFBA, prometem levar o público a viver esse dia interminável junto com a família Tyrone, como quem espia uma história inteira pelo buraco de uma fechadura.

O espetáculo foi contemplado em quatro categorias do Prêmio Braskem de Teatro 2013:

Melhor Espetáculo

Melhor Diretor

Melhor Atriz - Joana Schnitman

Categoria Especial (iluminação e cenário) - Eduardo Tudella


Ficha Técnica

Texto: Eugene O'Neill
Direção: Harildo Déda
Assistente de Direção: André Silva
Elenco: Antônio Fábio, Joana Schnitman, Patrícia Oliveira, Vinícius Martins e Wanderley Meira
Cenário e Iluminação: Eduardo Tudella
Figurinos e caracterização: Claudete Eloy
Direção de produção: Wanderley Meira
Realização: Escola de Teatro da UFBA